Viagem ao Atacama dia 25– Santa Ana das Missões – Foz do Iguaçu

Santa Ana a FozNovamente amanheceu chovendo. No hotel não tinha café da manhã. Comemos umas bolachas ajeitamos as bagagens na moto e saímos embaixo de uma chuva fina. Dentro de meia hora nossas roupas externas já estavam bem molhadas. Paramos debaixo de uma marquise em uma pequena cidade e tivemos a idéia de vestir por baixo das nossas roupas de moto uma capa de chuva que compramos em Machu-Pichu. Ajudou bastante a nos mantermos secos, pois o dia estava bem frio.

20160426_09381520160426_093833

Paramos em um posto pra descansar um pouco e tirar a água das botas, torcer as camisas e comer alguma coisa. Encontramos ali uma brasileira vendendo pão de queijo. Segundo nos informou, ela já estava ali a mais de 20 anos. Pelo que vimos no prazo que ficamos ali, a freguesia dela era bem grande.

De Santa Ana até Foz são apenas 271 km. A estrada estava razoável e dentro de pouco tempo já estávamos na fronteirra. Registramos a saída na Argentina e passamos direto pela aduana brasileira, pois não tinha ninguém no posto. Fomos até o centro de Foz onde encontramos um bom hotel a um preço razoável. E o que foi melhor é que ele fica do lado de uma bela churrascaria.

Chegamos encharcados ao hotel. Estavamos tão molhados que eu entrei de roupa e bota debaixo do chuveiro quente. A chuva estava bem intensa. Depois de um merecido banho descemos pra um belo almoço brasileiro. Depois do almoço voltamos ao hotel e não saímos mais. A chuva só parou as 6 horas da tarde.

Leave a Reply